Posts Tagged ‘Torcedores’

h1

Robinho, o meninão da seleção

quarta-feira, 10 junho, 2009
Quem chupou?!

Quem chupou?!

Recado: Dunga, me chama para a seleção! Já joguei em um time de Três Corações que é tão expressivo como o Manchester City. E vou te dizer, é um timaço e a camisa era azul. Isso sem contar que comecei no dente de leite do Marianense com o treinador Luiz Bené. Chama eu, Dunga! Já tem Luiz Fabiano, só falta o Luiz Augusto.

Primeiro Robinho “encasquetou” para sair do Santos. Deixou de ir ao treino, fez birrinha de menino, até conseguir ir para o Real Madrid. Após não brilhar no time madrileno, cismou que queria ser negociado.

Aí, o Olaria da Inglaterra – só que cheio de dinheiro, ou melhor, o Manchester City – que não tem nem uma kombi de torcedores, “enfiou” grana no “menino” (menino?!) e levou o “homem” para a terra da rainha. Agora que o jogador percebeu que fez burrada, fica se oferecendo por aí.

Voltar para o Santos é uma possibilidade sonhada pela torcida. Para Robinho, que é bem adulto para ganhar dinheiro, a idéia é ir para o Barcelona. Segundo o jornal espanhol “Sport”, o jogador está fazendo “lobby” para jogar no time catalão. É muita cara de pau!

Gosto do futebol do Robinho, mas acho que não está jogando nem um décimo do que é necessário para ser titular absoluto da seleção. Mas também, foi para a Inglaterra apenas ganhar dinheiro…

Deu no que deu! Pode até se dar bem, mas também poderia ficar na geladeira. A sorte do “menino” é que o Dunga gosta tanto dele que sua titularidade não é nem discutida por aqui. Afinal, qual é o critério para jogar na seleção? É quem já jogou muita bola? Então chama o Pelé, gente! Robinho foi um grande jogador. Hoje ele não merece estar na seleção, muito menos como titular.

Vai entender…

Anúncios
h1

Os hooligans brasileiros

segunda-feira, 17 novembro, 2008

torcidaA situação está feia para o lado dos profissionais da bola. Há alguns meses os torcedores do Flamengo invadiram o treino da equipe e fizeram o maior terror com o time da Gávea. Soltaram bombas, ameaçaram bater, fazer e acontecer. O mesmo aconteceu com o Grêmio. Sport, Botafogo e Atlético-MG. Agora, em São Paulo, o técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, foi agredido e sofreu uma luxação no braço. Isso sem contar as inúmeras ligações fazendo ameaças contra os envolvidos.

Concordo com o protesto do torcedor, desde que ele seja feito nas arquibancadas e que não tenha agressão. Apenas discordo da maneira como esses bandidos disfarçados de torcedores estão atuando. Nenhum trabalhador pode ser agredido no seu ambiente de trabalho. Já imaginou se você não executa seu trabalho da melhor maneira possível e seu chefe te enche de porrada? Pior, alguém que não paga seu salário te enche de pancada? É quase a mesma coisa. É um absurdo que isso ainda aconteça.

O que esses torcedores, na maioria das vezes da organizada, pensam que são? Quem vai conseguir parar esses bandidos? Estou sentindo que isso está cada vez mais acontecendo e que ninguém dos clubes toma providências. Enquanto isso os jogadores, treinadores e comissão técnica estão envolvidos até a cabeça e correndo risco de morte.

Cabe aos clubes de futebol identificar quem são esses bandidos e tentar acabar com isso. Na Inglaterra a atuação dos hooligans diminuiu consideravelmente graças ao bom trabalho feito pelos clubes. Já no Brasil a atuação dos bandidos disfarçados de torcedores está cada vez maior. Até onde isso vai parar? O pior de tudo é que os mantenedores desses bandidos são os próprios clubes. Os times dão desde ingresso, passagem, até comida e lazer para esses bandidos. Então quem não vale Nem R$1,99? Os times ou os bandidos disfarçados de torcedores? E as torcidas (des)organizadas? Nenhum dos três valem R$1,99! Torcedores, organizadas e clubes, vocês não valem Nem R$1,99!

h1

Ziza Valadares renuncia a presidência do Atlético-MG

sexta-feira, 19 setembro, 2008

 

Ziza Valadares renunciou a presidência do Glorioso Atlético-MG, em pleno centenário do clube. O motivo? Ameaças por parte dos torcedores.Bom, se estava fazendo uma boa administração é uma outra história, mas o motivo foi simplesmente lamentável. Ziza e sua família estava sendo ameaçado pelos torcedores.

Muito triste para um time grandioso como o Galo. Existem coisas que estão muito além da paixão ou amor por um time… Enquanto para uns sobra integridade, para outros falta respeito, educação e “berço”. A torcida deve entender onde é seu lugar: na arquibancada. Lá, meu amigo, grite, chore, reclame… Fora do estádio, limite-se a ter PELO MENOS respeito a outro ser humano, independente de quem seja e qual é o seu trabalho.

Respeito, TORCIDA ATLETICANA! É óbvio que isso é apenas para meia dúzia de marginais que dizem torcedores. Lamentável!


Veja a matéria aqui.