Posts Tagged ‘Sara’

h1

“Seja a mudança que você deseja ver no mundo”

sexta-feira, 22 maio, 2009
"Seja a mudança que você deseja ver no mundo"

"Seja a mudança que você deseja ver no mundo"

Se existe um seriado que vai deixar saudade esse é Prison Break. Acabei de assistir o 22° episódio da quarta temporada e, como sempre, fui muito surpreendido. É óbvio que no final da perseguição as coisas começaram a ficar mais óbvias e forçadas. Mesmo assim, na cena final eu fiquei completamente surpreso. De qualquer forma vale o registro: como um todo, Prison Break é uma série que vale muito mais que R$1,99.

Prison Break entrou na programação para suprir o recesso de 24 horas. Depois disso Prison Break alcançou altos índices de audiência e foi até onde deu. De fato já não estava dando para manter a história. Muita coisa já havia acontecido e, nesse caso, os últimos episódios já estavam meio estranhos, com muita “encheção de linguiça”, e algumas reviravoltas mais trucadas do que Triplo X. Sim, no final caiu um pouco o nível, mas nada que possa apagar uma das melhores séries da TV. Como um todo foi muito divertido ver tal seriado.

Já assisti e assisto alguns  seriados (Acompanho ou acompanhei: Roma, The O.C., The Unit, Família Soprano, House, Heroes, Lost, Tho and a half man, 4400, Dexter, Fringe, 24 horas), mas poucos foram tão marcantes como Prison Break.  Muito bom mesmo! Vale R$1,99!

Anúncios
h1

Comic-Con: Novidades de Prison Break

sábado, 26 julho, 2008

O painel de Prison Break no Comic-Com foi simplesmente espetacular. No primeiro momento foi exibido um trailer narrado por Michael Scofield que faz um retrospectiva das temporadas anteriores. O texto narrado pelo gênio Scofield é uma carta que retrata o novo objetivo: vingar a morte de Sara.

O vídeo mostra também a nova função de Mahone: motorista de Gretchen, enquanto James Whistler compra de outro homem segredos desejados pela Companhia em uma festa. E sabe quem está na mesma festa? Scofield. Em um dado momento os dois se encontram e o gênio tenta descobrir os segredos do enigmático Whistler. Nesse meio tempo eis que surge Gretchen para separar a quase briga dos dois.

Fazendo jus ao que disse, Scofield tenta matar a “rainha” da companhia, Gretchen, até ela revelar que Sara está viva. Isso mesmo, a linda e doce Sara está “vivinha da Silva”. Engraçado que eu comentei quando a cabeça dela (literalmente) apareceu em um episódio da terceira temporada que em Prison Break ninguém tinha uma segunda chance, mas Sara terá uma segunda chance.

Após o vídeo, entra no palco Dominic Purcell, Sarah Wayne Callies e os produtores Matt Olmstead, Kevin Hooks and Dawn Parouse. A propósito, não entendi, o ator principal da série, Wentworth Miller, o Michael Scofield, não foi ao painel? Que coisa… Bom, enquanto isso, Wayne afirma que “Sara voltará como uma pessoa bem diferente na quarta temporada, e ela passou por muita coisa enquanto esteve ‘fora’ na terceira temporada. O que vejo sobre ela hoje é uma mulher mais poderosa; e penso que um tema interessante é a história de alguém que passou por um grande trauma e como reagiu a tudo”. Outra declaração interessante foi dada por Dawn: “Nesta temporada, Michael ficará estressado – e de um jeito felizmente imprevisível”. Imagina o Scofield estressado? O “homi” vai ficar um veneno… Outra notícia boa para a série foi dada por Olmstead. Segundo ele, Sucre, Bellick e T-Bag estarão de volta nesta temporada.

Contrariando os comentários da mídia, Purcell afirmou que sua relação com Wenrworth Miller é boa. “Trabalhar com Wentworth sempre foi uma alegria. Temos uma química incrível diante das câmeras e toda essa interação vem de uma amizade entre mim e Went, dentro e fora do local de trabalho”. Será?

A última e boa notícia do dia foi dada por Olmstead: “Decidimos não voltar a uma prisão na temporada quatro, pois este próximo ano será muito mais sobre conseguir entrar em um lugar do que fugir de outro”.

Termina aí o painel de Prison Break.