Posts Tagged ‘Opinião’

h1

Opinião de quem entende

segunda-feira, 27 abril, 2009

leonardoCom apenas 12 anos e já fascinado com futebol (Já? nasci nesse estado), acompanhei a Copa do Mundo de 1994 como um torcedor de primeira qualidade. Torci muito, até quebrei um crucifixo na final, quando Márcio Santos errou o primeiro pênalti do Brasil.

Enfim, no final deu tudo certo. Assim, em 1994 comecei a admirar grande parte daquele plantel que fez muito, conquistando um título até então improvável. Dentro daquele grupo, além da dupla Bebeto e Romário, que todos bateram muita palma, tinha um “camarada” que era um show. Era não, é!

Estou falando de Leonardo, o cara da cotovelada, como muitos dizem por aí. No evento da cotovelada, que quase “matou” um jogador dos Estados Unidos, Leo assumiu a culpa e deu sua explicação na maior honestidade do mundo. Não jogou mais o mundial, mas mesmo assim fechou o evento como um campeão de caráter e personalidade.

Léo aposentou, virou dirigente do Milan, é muito respeitado, principalmente fora do país. É um dos caras mais inteligentes que o futebol já viu. Pelo visto, é louco para assumir algum cargo na seleção ou até mesmo no Flamengo.

Há alguns dias teve a coragem de “meter” a cara na televisão e dizer que os times brasileiros deveriam ser vendidos. Enquanto a mídia ainda tem medo de dizer isso, o cara assumiu sua posição e ponto final.

Fiquei pensando: vender um time de futebol?! Imagina vender o meu Flamengo? É claro que esse é o caminho. Já está mais que comprovado que os times de futebol estão como estão graças ao amadorismo dos “torcedores/dirigentes” de merda do futebol brasileiro.

Bom, mais uma vez Leonardo acertou. Grande sujeito, um profissional dentro e fora das quatro linhas. Tomara que um dia ele vire o presidente da CBF ou do Flamengo.  Vale R$1,99!

Anúncios
h1

MST, qual é a sua?!

terça-feira, 3 março, 2009
A Reforma agrária precisa de reforma

A Reforma agrária precisa de reforma

Pelo capitalista Luiz Augusto Reis Almeida

O maior e mais organizado movimento social do país também é a maior picaretagem da história do Brasil. Estamos falando do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, mas também poderia ser o Movimento dos Sem Causa, desocupados, ou até o Movimento dos Oportunistas da Terra.

Quem disse que esses são trabalhadores rurais??? Esses rebeldes sem causa vivem agindo de forma violenta em todos os cantos do país, ameaçando grandes fazendeiros que, de uma maneira ou outra, conseguiram conquistar tal patrimônio e tem todo direito de gozar de suas conquistas.

Pode até ser um pensamento muito capitalista da minha parte – e que seja, mas não tenho medo de manifestar a minha opinião a respeito. O MST ameaça todos que estão em seu caminho, inclusive o apoio do nosso governo. Pior ainda: o nosso Estado se “borra” de medo só de ver uma bandeira vermelha tremulando para o seu lado – bandeira vermelha que não seja do PT, claro. Independente se estamos falando de governo de esquerda ou direita, o mais certo é que o MST consegue amedrontar todos que por ali passam.

O objetivo do maior grupo social do Brasil é conquistar a tão sonhada reforma agrária, diga-se de passagem, ultrapassada, antiga e “fora de moda”. A propósito, o MST é um grande gerador de emprego, é constituído, tem essência comunista, mas não passa de um grupo de capitalistas selvagens em busca de promoção. É isso que penso a respeito do MST, um movimento que não vale nem R$1,99!