Posts Tagged ‘Michael Scofield’

h1

“Seja a mudança que você deseja ver no mundo”

sexta-feira, 22 maio, 2009
"Seja a mudança que você deseja ver no mundo"

"Seja a mudança que você deseja ver no mundo"

Se existe um seriado que vai deixar saudade esse é Prison Break. Acabei de assistir o 22° episódio da quarta temporada e, como sempre, fui muito surpreendido. É óbvio que no final da perseguição as coisas começaram a ficar mais óbvias e forçadas. Mesmo assim, na cena final eu fiquei completamente surpreso. De qualquer forma vale o registro: como um todo, Prison Break é uma série que vale muito mais que R$1,99.

Prison Break entrou na programação para suprir o recesso de 24 horas. Depois disso Prison Break alcançou altos índices de audiência e foi até onde deu. De fato já não estava dando para manter a história. Muita coisa já havia acontecido e, nesse caso, os últimos episódios já estavam meio estranhos, com muita “encheção de linguiça”, e algumas reviravoltas mais trucadas do que Triplo X. Sim, no final caiu um pouco o nível, mas nada que possa apagar uma das melhores séries da TV. Como um todo foi muito divertido ver tal seriado.

Já assisti e assisto alguns  seriados (Acompanho ou acompanhei: Roma, The O.C., The Unit, Família Soprano, House, Heroes, Lost, Tho and a half man, 4400, Dexter, Fringe, 24 horas), mas poucos foram tão marcantes como Prison Break.  Muito bom mesmo! Vale R$1,99!

h1

Prison Break vale muito mais que R$1,99

terça-feira, 3 fevereiro, 2009

prison_break_ver4_posterOntem começou a ser exibido na rede Globo o seriado Prison Break. Confesso que tenho pânico do horário que as séries são exibidas na emissora, mas fico feliz ao ver um seriado tão excepcional como Prison Break já está disponível nas telinhas da TV.

Para quem não sabe, esse seriado vale muito mais que R$1,99! Prison Break narra a situação desesperadora vivida pelo engenheiro Michael Scofield, que tenta a todo custo tirar seu irmão, Lincoln Burrows, do corredor da morte.

Prison Break narra a situação desesperadora vivida pelo engenheiro Michael Scofield, que tenta a todo custo tirar seu irmão, Lincoln Burrows, do corredor da morte.

Acreditando que Burrows é inocente e querendo salvá-lo, o brilhante engenheiro não tem muitas opções a não ser criar um plano para tirá-lo da penitenciária estadual de Fox River. Dentre os primeiros passos do plano, o engenheiro tatua em seu corpo toda a planta do presídio, lembrando que o próprio Scofield trabalhou na restauração da prisão e conhece detalhadamente o local. Após isso, Scofield assalta um banco para ser preso no mesmo presídio que está seu irmão.

Em meio a corredores e passagens que compõem a complexa tatuagem, outras figuras são marcadas na pele de Scofiled para que ninguém consiga decifrar a imagem e também conteúdo que compõe o plano de fuga.

O plano de fuga, que inicialmente era apenas para os irmãos, é obrigado a ser compartilhado com alguns presidiários e algumas alianças são formadas. O primeiro a participar da estratégia é o companheiro de cela de Scofield, Fernando Sucre. Em compensação, algumas alianças não são tão seguras, pois alguns personagens perigosos do meio do crime entram aos poucos no “time de fuga”, dentre eles o ex-chefão da máfia, John Abruzzi, e o estuprador Theodore Bagwell.

Ainda dentro de Fox River, Scofield cria uma relação de fidelidade com a filha do governador do Estado e médica da prisão, a Dra.Sarah Tancredi. Já fora do presídio, o engenheiro tem a seu favor apenas a sua advogada e amiga de infância, Verônica Donovan, que já teve um caso amoroso com Burrows.

Quem gosta de uma boa dose de ação Prison Break é perfeito. Baixe o primeiro episódio da série aqui e confirme: Prison Break vale mais que R$1,99!

h1

Comic-Con: Novidades de Prison Break

sábado, 26 julho, 2008

O painel de Prison Break no Comic-Com foi simplesmente espetacular. No primeiro momento foi exibido um trailer narrado por Michael Scofield que faz um retrospectiva das temporadas anteriores. O texto narrado pelo gênio Scofield é uma carta que retrata o novo objetivo: vingar a morte de Sara.

O vídeo mostra também a nova função de Mahone: motorista de Gretchen, enquanto James Whistler compra de outro homem segredos desejados pela Companhia em uma festa. E sabe quem está na mesma festa? Scofield. Em um dado momento os dois se encontram e o gênio tenta descobrir os segredos do enigmático Whistler. Nesse meio tempo eis que surge Gretchen para separar a quase briga dos dois.

Fazendo jus ao que disse, Scofield tenta matar a “rainha” da companhia, Gretchen, até ela revelar que Sara está viva. Isso mesmo, a linda e doce Sara está “vivinha da Silva”. Engraçado que eu comentei quando a cabeça dela (literalmente) apareceu em um episódio da terceira temporada que em Prison Break ninguém tinha uma segunda chance, mas Sara terá uma segunda chance.

Após o vídeo, entra no palco Dominic Purcell, Sarah Wayne Callies e os produtores Matt Olmstead, Kevin Hooks and Dawn Parouse. A propósito, não entendi, o ator principal da série, Wentworth Miller, o Michael Scofield, não foi ao painel? Que coisa… Bom, enquanto isso, Wayne afirma que “Sara voltará como uma pessoa bem diferente na quarta temporada, e ela passou por muita coisa enquanto esteve ‘fora’ na terceira temporada. O que vejo sobre ela hoje é uma mulher mais poderosa; e penso que um tema interessante é a história de alguém que passou por um grande trauma e como reagiu a tudo”. Outra declaração interessante foi dada por Dawn: “Nesta temporada, Michael ficará estressado – e de um jeito felizmente imprevisível”. Imagina o Scofield estressado? O “homi” vai ficar um veneno… Outra notícia boa para a série foi dada por Olmstead. Segundo ele, Sucre, Bellick e T-Bag estarão de volta nesta temporada.

Contrariando os comentários da mídia, Purcell afirmou que sua relação com Wenrworth Miller é boa. “Trabalhar com Wentworth sempre foi uma alegria. Temos uma química incrível diante das câmeras e toda essa interação vem de uma amizade entre mim e Went, dentro e fora do local de trabalho”. Será?

A última e boa notícia do dia foi dada por Olmstead: “Decidimos não voltar a uma prisão na temporada quatro, pois este próximo ano será muito mais sobre conseguir entrar em um lugar do que fugir de outro”.

Termina aí o painel de Prison Break.