Posts Tagged ‘Fluminense’

h1

Pagamento já!

quarta-feira, 11 março, 2009

Nem se o Cuca fizer milagre...

Nem se o Cuca fizer milagre...

Pelo flamenguista Luiz Augusto Reis Almeida

Antes mesmo de comentar qualquer coisa, quero deixar claro que sou flamenguista desde o meu primeiro dia da vida. Como costumo dizer, quem torce pelo Flamengo não vira, e sim nasce. Mesmo assim não posso enxergar o meu time como um mero espectador, afinal de contas, como torcedor, faço parte do time, da história deste clube que amo desde o nascimento.

Faça agora um exercício de imaginação. Se por acaso o seu chefe, ou melhor, a sua empresa, deixasse você na merda pior sem pagar os seus salários, o 13º, os encargos trabalhistas e outros, o que você faria? Se ficasse dois, três meses atrasados, qual seria a sua atitude? Acordaria cedo, iria trabalhar, daria o “sangue”, aguentaria broncas, exigências e outras coisas mais? Se você aceitaria tudo isso, não quero ser seu colega de trabalho. Convenhamos, todos nós temos contas a pagar, temos as nossas famílias, as gandaias, temos que comer, beber… Enfim, temos o que fazer com o dinheiro (Se você não tem é só avisar que passo para você o número da minha conta– rs.)

Então, para qualquer jogador de futebol isso não é diferente. O “cara” criou o padrão de vida dele de acordo com o que ganha. Se ganha 150 paus, gasta 150. E assim vai. Guardar dinheiro é para poucos jogadores inteligentes. Pouquíssimos. Os demais, meus caros, gastam tudo que ganham e, dizer que o salário está atrasado é motivo para corpo mole. Ahh, você vai me falar de amor ao time, certo?! Que amor?Existe isso no futebol?

Então, diretoria “amadora” do Flamengo, que tal quitar os atrasados? Como vai conseguir o dinheiro? A torcida não quer saber, assim como não quero nem ver meus colegas me “zoarem” por causa dos resultados negativos dentro de campo. O time do Flamengo é até bom, tem potencial, mas se não quitarem os salários iremos para segundona.

Então, antes mesmo do campeonato brasileiro começar é bom que “experiente” Márcio Braga e o “honestíssimo” Kleber Leite, deem uma arrumada na casa, procure vender alguns jogadores para quitar as dividas com funcionários e demais atletas. Não adianta querer “jogar para torcida”, fazer gracinha, assuma a situação do time, negocie 2, 3, 4, jogadores se for preciso, e aprenda que o PLANEJAMENTO é o segredo de todo e qualquer negócio.

Sei muito bem que vocês estão colhendo os frutos (ou seria mato) do que foi plantado no passado. Se nada for feito agora, será que o Flamengo terá futuro? Então, dê o primeiro passo… 2007 e 2008 foi marcado pelos salários em dia e pela volta em massa dos torcedores aos estádios. Ficamos em lua de mel com o time. Foram os melhores anos do Fla nos últimos 15 anos. Agora, em 2009, não temos muito que comemorar. Mais que ser derrotado pelo Resende em pleno sábado de carnaval é ver o time não (a)pagar nem fogo na roupa.

Anúncios
h1

Amadorismo é a marca de Thiago Neves

quarta-feira, 28 janeiro, 2009

Existem coisas que eu realmente não entendo. Uma delas é a postura de alguns profissionais da bola, como por exemplo, o diferenciado Thiago Neves que, diga-se de passagem, joga muita bola.

O cara já assinou dois contratos ao mesmo tempo (Palmeiras e Fluminense), já deu sua palavra para mais outros mil times e assim vai… A última deles foi com o Hamburgo, seu atual time – dono do seu passe, pelo menos. Primeiro ele sonha em ir atuar no velho continente para ganhar um “puta” dinheiro e fazer seu “pé de meia”. Aí vem um time alemão, crente que o cara vai jogar muita bola, compra o passe do cara por 9 milhões de euros…

Após seis atuações de Thiago Neves com a camisa do Hamburgo, ele decide que quer voltar a todo custo… ou melhor, a custo zero para algum time, de preferência para o Fluminense. Convenhamos, até quando essa “merda-minada” vai fazer os times de bobo? O que ele acha?! E agora Thiago Neves acha que é perseguição, xinga até a mãe dos donos do seu passe… Ahhh, Neves, deixa de ser moleque.

Futebol, queira você ou não, é profissão, gera emprego, envolve dinheiro, investimento e demanda PROFISSIONALISMO… Está achando que “os caras” do Hamburgo são otários? Até quando o Sr. Thiago Neves e seu empresário ficarão achando que futebol é coisa de amador como eles? Repito: joga muita bola, mas fora de campo não vale Nem R$1,99! Luiz Augusto Reis Almeida

h1

Rodada para flamenguista nenhum botar defeito

segunda-feira, 7 julho, 2008

Que rodada para o Flamengo, heim?! Se não bastasse a boa vitória contra o Náutico, no Maracanã, por 3 a 0, na qual acompanhei e vi uma boa atuação da equipe Rubro-Negra, os adversários diretos pela liderança do Brasileiro não conquistaram pontos. O Cruzeiro, até então terceiro colocado no Brasileiro, perdeu para o Sport, por 1 a 0, na Ilha do Retiro. Já o vice-líder Grêmio foi derrotado para o Botafogo, por 2 a 0, no João Havelange, o vulgo Engenhão. (Odeio o “apelido” Engenhão).

Outro grande favorito ao título brasileiro, o São Paulo, perdeu dois pontos após empatar com o Ipatinga por um gol em pleno Morumbi.

Outro que também deu uma mãozinha foi o Atlético-MG, que empatou com o Palmeiras no Mineirão por um gol. Convenhamos, resultado ruim demais para o Galo. Escutei a partida e o time errou até pênalti.

Para alegrar ainda mais os flamenguistas, o Vasco perdeu para o Figueirense, por 2 a 1, de virada, e o Fluminense, lanterna do Brasileirão, ou melhor, aqueeeeele que estava há cinco metros do paraíso e que agora está a cinco metros do inferno, perdeu mais uma, desta vez para o Goiás, por 1 a 0.

Como disse Renato Gaúcho, o ótimo Renato Gaúcho (sem ironia), o Flu só está passeando no Brasileirão. Realmente, estamos vendo isso… Sei que o time vai subir na tabela, mas enquanto não sobe…

Já a Portuguesa de Desportos deixou a desejar e perdeu para o Vitória por 2 a 0, em pleno Canindé. Quinta vitória seguida dos baianos que já dividem a vice liderança com o Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio. E o Santos… Ahhh, o Santos do Cuca, perdeu por 1 a 0 para o Atlético-PR, que subiu quatro posições no campeonato. E o Internacional voltou a vencer e bem… 3 a 0 sobre o Coritiba. Com direito a show do bom Alex.

Já sei, você vai dizer que o Flamengo não ganhou de ninguém, certo? Se você pensa assim, tudo bem… O Náutico não é o São Paulo, nem o Grêmio, muito menos o Cruzeiro, mas está muito bem na tabela e ainda conseguiu abrir cinco pontos de diferença do primeiro colocado.

Só relembrando, sexta-feira fiz algumas apostas e fui errei demais… É, minha bola de cristal está arranhada… Vou providenciar outra para a próxima rodada!

Assista todos os gols da rodada.

h1

Tradição é tradição

quinta-feira, 3 julho, 2008

Vídeo homenagem: o jogo do século.

Antes que joguem pedra, vou logo dizendo que, se fosse derrota do Flamengo, tudo que aparecesse de engraçado na internet eu colocaria no blog, afinal de contas acho que isso que torna o futebol ainda melhor, mais bacana.

h1

O Equador conquista a América

quinta-feira, 3 julho, 2008

LDU é o novo campeão da Taça Libertadores da América. Após perder por 3 a 1 no tempo normal, resultado que permaneceu na prorrogação, a equipe do Equador deixou sua marca na história do futebol sul-americano ao vencer o Fluminense na decisão por pênaltis.

Taticamente o Fluminense entrou errado. Simples: Renato Gaúcho escalou Ygor para “liberar” os avanços dos laterais Junior César e Gabriel. Em compensação, mais uma vez, Ygor não deu conta de marcar, muito menos atacar, enfim… não entendo a escolha desse jogador. As jogadas da LDU foram sempre abertas e passavam pelos pés de Manso e Vera, que ligavam Bolaños ou Guerron, sempre nas costas de Júnior Cesar e Gabriel. Gosto muito do Renato Gaúcho como técnico, mas ele errou no primeiro tempo da final. Não precisa ser crucificado, óbvio. Mas vale o registro.

No segundo tempo, Renato Gaúcho colocou o Dodô e recuou um pouco seus laterais. Não deu outra, o time cresceu, o Thiago Neves e Conca foram ainda mais acionados e a equipe conquistou mais espaço no setor ofensivo e, ainda de quebra, segurou os contra-ataques da LDU. Com a nova postura tática, Arouca conseguiu mais liberdade para atuar, enquanto Júnior Cesar e Gabriel aproveitaram o cansaço dos alas da LDU e também investiram no ataque, só que dessa vez com mais responsabilidade.

Na prorrogação foi um verdadeira Deus nos acuda. Ninguém arrisca, ninguém sai jogando a não ser com chutão. Sinceramente, é ridículo ver uma taça Libertadores ser disputada na prorrogação. Quer saber, acho até desumano, ruim para o espetáculo. Coloca pênalti logo e pronto. Nos pênaltis, deu LDU, com méritos, afinal de contas pênalti não é loteria, e sim treino, frieza, categoria.

Vale ressaltar que não torci para o Fluminense e não vou ser hipócrita. Queria que o Tricolor das Laranjeiras perdesse e se possível de muito. Sou flamenguista e não consigo torcer para o Flu de maneira alguma. Idem para o Vasco. Em compensação, uma coisa é fato: o time mereceu. Desde o ano passado a diretoria montou uma boa equipe, conquistaram a Copa do Brasil, a vaga para a Libertadores também no Campeonato Brasileiro e, este ano, fez a melhor campanha da primeira fase, derrotou os temidos Boca Juniors e São Paulo… Portando, mesmo não torcendo nem um pouco, o Fluminense mereceu chegar onde chegou e até ser campeão. Não foi, mas mereceu.

O craque do jogo: Thiago Neves

Quem acompanha o meu blog sabe que há tempos digo que esse jogador é diferenciado. Ontem, mais uma vez, ele comprovou ser muito mais que um grande jogador. Thiago Neves é o típico atleta que não some em finais, coisa rara para os bons jogadores que rodeiam o nosso futebol. Para mim, o limite de um bom jogador e um craque está justamente aí: a capacidade do jogador de fazer a diferença nas finais de um determinado campeonato. Dessa vez ele provou ser um verdadeiro craque. O cara fez em uma final de libertadores três gols. Gente, isso é fato raríssimo, digno de placa. Isso sem contar o gol IMPORTANTÍSSIMO que ele fez na partida de ida da final, no Equador. Pena que ele errou o pênalti, mas ele tem crédito.

Apenas mais um: Dodô

Há algumas semanas até cheguei a comentar que queria o Dodô no Flamengo. Hoje não quero ele neeeem pintado de ouro, ou melhor, nem pintado de urubu Rubro-Negro. Não mesmo… Simples: odeio jogador que não vibra com um time, que não comemora, que não dá sangue em uma final. Sendo assim, não serve para vestir a camisa do Fla.

Gosto muito do jogador, mas a sua displicência chega a incomodar muito. Prefiro ver um limitado Obina trombar com a bola, a um Dodô cheio de habilidade, mas sem a mínima vontade.

Fernando Henrique: não confio

Fez uma grande Libertadores, foi herói do Tricolor em várias partidas. Mesmo assim, não confio de maneira nenhuma. Ele faz pose demais, é em alguns momentos muito competente, mas em alguns outros mata a torcida de susto.

O sono

Quem conhece o ritmo do futebol brasileiro já sabe o que o torcedor passa. Ontem acompanhei todo o jogo sem piscar os olhos, já hoje estou pescando até tubarão. Está foda… Mas tudo bem, valeu! Sou antes de tudo A-P-A-I-X-O-N-A-D-O por futebol. Ver um partidaço como a de ontem é mais que válido!

Perguntas quase sem resposta

Guerron corre mais que Claudinei Quirino, mas fez o anti-doping?

Pênalti é loteria???? Nunca! Eficiência.