Posts Tagged ‘Dexter’

h1

“Seja a mudança que você deseja ver no mundo”

sexta-feira, 22 maio, 2009
"Seja a mudança que você deseja ver no mundo"

"Seja a mudança que você deseja ver no mundo"

Se existe um seriado que vai deixar saudade esse é Prison Break. Acabei de assistir o 22° episódio da quarta temporada e, como sempre, fui muito surpreendido. É óbvio que no final da perseguição as coisas começaram a ficar mais óbvias e forçadas. Mesmo assim, na cena final eu fiquei completamente surpreso. De qualquer forma vale o registro: como um todo, Prison Break é uma série que vale muito mais que R$1,99.

Prison Break entrou na programação para suprir o recesso de 24 horas. Depois disso Prison Break alcançou altos índices de audiência e foi até onde deu. De fato já não estava dando para manter a história. Muita coisa já havia acontecido e, nesse caso, os últimos episódios já estavam meio estranhos, com muita “encheção de linguiça”, e algumas reviravoltas mais trucadas do que Triplo X. Sim, no final caiu um pouco o nível, mas nada que possa apagar uma das melhores séries da TV. Como um todo foi muito divertido ver tal seriado.

Já assisti e assisto alguns  seriados (Acompanho ou acompanhei: Roma, The O.C., The Unit, Família Soprano, House, Heroes, Lost, Tho and a half man, 4400, Dexter, Fringe, 24 horas), mas poucos foram tão marcantes como Prison Break.  Muito bom mesmo! Vale R$1,99!

h1

Emmy 2008: Mad Men derrota House, Dexter e Lost

segunda-feira, 22 setembro, 2008

Inacreditável! Não deu para Dexter, nem para Lost, muito menos para House. O grande vencedor da noite na categoria Melhor Série Dramática foi Mad Men. A série recebeu 16 indicações para o Oscar dos Seriados. Agora fiquei p… da vida! A premiação deveria ir para Dexter…. Esse sim foi o melhor seriado na categoria.

h1

Emmy 2008: Nada de Hugh Laurie nem Micheal C. Hall

domingo, 21 setembro, 2008

Quem vai levar a estatueta de Melhor ator de Série de Drama é…. Só para recordar, dos concorrentes torci muito para Hugh Laurie, o Dr. Gregory House (House), e principalmente para Micheal C. Hall, o psicopata Dexter Morgan. (Dexter). E o prêmio vai para: Bryan Cranstom, de Breaking Bad. Injusto? Não sei… Não vi a atuação do vencedor, mas confesso que queria demais a vitória de Hall. Mas tudo bem, fica para a próxima…

h1

Showtime lança “capas de revista” com terceiro ano de Dexter

sexta-feira, 12 setembro, 2008

Que Dexter viria com tudo na terceira temporada todos nós já sabíamos. Dizem até que o serial killer vai desenvolver seu próprio código…

Agora, que o canal showtime também daria seus “lampejos” de maestria aí é outra “prosa”. Até porque a emissora é não é lá uma “brastemp”. Veja que interessante a maneira pela qual a emissora americana resolveu divulgar o seriado.Criaram sete capas de revistas famosas com imagens do bom ator Michael C. Hall, sempre seguindo o estilo editorial da revista e em “poses” bem de acordo com a atuação de Dexter Morgan. Confira:


h1

Séries e videogame no Estado de Minas

quinta-feira, 14 agosto, 2008

Duas notícias para começar bem a quinta-feira… Esta semana a minha coluna no Ragga Drops do Estado de Minas traz um artigo sobre o seriado Prison Break. A propósito, Prison Break está entre os três melhores seriados da atualidade. Quem nunca viu, aconselho mesmo… Assim como Dexter, seriado que comentei na última semana, Prison Break nos deixa “preso” na frente da TV.

Quem quiser baixar o primeiro episódio, basta clicar aqui.

Aproveitando, fiz também para o caderno uma matéria sobre o campeonato de Winning Eleven que aconteceu na cidade de Três Corações. Isso mesmo, povo de Deus, campeonato do game que tanto adoro… Inclusive participei, mas perdi nas oitavas-de-final. Mas fui bem, viu?! Tinha gente de tudo enquanto é jeito e foi muito bacana… 😉

h1

No ar: coluna deste “blogueiro” no Ragga Drops do Estado de Minas

quinta-feira, 7 agosto, 2008

Em ritmo de série de TV vai aí uma notícia interessante. Terminou a “minha temporada” de Lost no caderno Ragga Drops do Estado de Minas e agora, com mais espaço e com uma coluna identificada como “No Ar”, irei falar sobre uma série por semana. A primeira delas, que já está publicada no Estado de Minas desta quinta-feira, é sobre a excelente série “Dexter”.

Para ajudar os leitores da coluna e também quem quer “experimentar” a série, clique aqui e baixe o primeiro episódio de Dexter no formato RMVB. (Saiba como assistir o episódio em RMVB).

Então é isso… Quem gosta, aproveite! Quem não conhece, experimente… Recomendo!

h1

Comic-Con: Novidades de Dexter (*game e tudo mais)

sexta-feira, 25 julho, 2008

No principal evento de quadrinhos e séries do mundo, o Comic-Con, que está acontecendo na cidade de San Diego, Estados Unidos, veio uma bela novidade para os fãs de Dexter.

No painel de Dexter, foi anunciado que o “estudante” se torna o “mestre”, ou seja, Dexter Morgan deixará de seguir o código do seu pai adotivo, Harry. Segundo um dos participantes do painel, o produtor da série, Clyde Phillips, “Dexter pegará o código de Harry e se tornará o dono deste código”. Phillips afirma também que chegou à hora do nosso psicopata predileto viver um relacionamento amoroso normal. Agora resta saber o que ele quis dizer com isso… Será que Dexter vai unir as “escovas de dente” com Rita, ou vai aparecer um novo amor na vida de Dex? Assim como apareceu Lyla, se é que podemos considerá-la como um grande amor do personagem.

Passando a palavra para Michael C. Hall, ator que interpreta Dexter Morgan, ele afirma que para não se inspirou em ninguém para viver o personagem. “Dexter é único”, disse Hall, que declarou também que mesmo assim leu perfis de psicopatas na ficção e na vida real.

Já no fim do painel, eis uma outra boa notícia. Segundo Mark Echo, da empresa de videogames Echo Enterprises, Dexter vai ganhar um game que vai rodar exclusivamente em Iphone e iPod Touch. Echo ressaltou que o jogador poderá usar o aparelho como uma faca e terá que utilizar mensagens SMS.

É esperar… Quem nunca viu a série, recomendo. Poucas séries que vi são tão intrigantes e boas como Dexter. É uma série que tem respostas no fim da temporada. Não ficam lacunas, apenas curiosidade em saber como a vida do psicopata será alterada após o “evento” que marca o fim da temporada. É isso aí!

h1

Trailer da terceira temporada de Dexter cai na internet

quinta-feira, 24 julho, 2008

Os fãs mais ansiosos de Dexter já podem comemorar. A série que, para mim, foi à grande revelação do ano, já tem data prevista iniciar a terceira temporada nos Estados Unidos. Isso mesmo, dia 28 de setembro começa a saga do psicopata mais amado da atualidade. Para atiçar ainda mais a curiosidade dos fãs, caiu na internet um vídeo falando a respeito de Dexter conforme você vê abaixo:

No vídeo, Dexter está trabalhando em seu laboratório e surge a seguinte frase: “A estréia da temporada está chegando. Até lá, ele tem tempo de sobra para matar.”

Logo após, Dexter Morgan canta a seguinte frase: “É só uma questão de tempo…”.

Nada muito revelador, mas de qualquer maneira é bom ver nosso anti-herói novamente na ativa. Que venha a terceira temporada de Dexter!

h1

Sai a lista dos indicados ao “Oscar” das séries de TV

quinta-feira, 17 julho, 2008

A Academia de Artes e Ciências da Televisão anunciou nesta quinta-feira os indicados ao Emmy 2008, prêmio máximo da TV americana para os seriados. Eu, como fã e apaixonado por séries de TV, não poderia deixar de postar aqui a minha ótima sensação e os meus favoritos para o prêmio que será entregue no dia 21 de setembro, em Los Angeles.

Confira alguns dos indicados e meus comentários (e torcida):

– MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA

“Boston Legal”
“Damages”
“Mad Men”

“Dexter” –
Merece muito! O enredo da série é espetacular, magestral. Este ano foi a melhor série que vi.
 
“House” – Boa série, mas não merece o prêmio.
“Lost”
 – Lost é sempre Lost… Mas mesmo assim não acho que este tenha sido o ano da série. Há dois anos até concordaria com o prêmio, mas em 2008 a melhor foi Dexter.

– MELHOR ATOR DE DRAMA
Gabriel Byrne (“In Treatment”)
James Spader (“Boston Legal”)
Brian Cranston (“Breaking Bad”)
Jon Hamm (“Mad Men”)
Hugh Laurie (“House”) –
Muito bom ator. Laurie dá um show de interpretação na pele de Dr. House. Merece o prêmio.
Micheal C. Hall (“Dexter”) –
Também fantástico, mas a interpretação com o Dr. House foi melhor.

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE DE DRAMA

William Shatner (“Boston Legal”
Ted Danson (“Damages”)
Zeljko Ivanek (“Damages”
John Slattery (“Mad Men”)
Michael Emerson (“Lost”) – Até que enfim indicaram o melhor ator coadjuvante há dois anos. Emerson dá um show de interpretação. Vale lembrar que ano passado o “Ben” de Lost foi homenageado pelo também bom ator Terry “Locke” O’Quinn em seu discurso como vencedor na mesma categoria. Agora chegou a vez de Michael “Ben” Emerson receber o prêmio.

 

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE DRAMA
Candice Bergen (“Boston Legal”
Rachel Griffiths (“Brothers & Sisters”
Chandra Wilson (“Grey’s Anatomy”
Sandra Oh (“Grey’s Anatomy”
Dianne Wiest (“In Treatment”)

 NÃO GOSTEI. Acho que faltou a indicar Elizabeth “Juliet” Mitchell de Lost, que também deu um show.

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE DRAMÁTICA

“Boston Legal” (episódio “The Mighty Rogues”, dirigido por Arlene Sanford)
“Breaking Bad” (episódio piloto, dirigido por Vince Gilligan)
“Damages” (episódio piloto, dirigido por Allen Coulter)
“Mad Men” (episódio “Smoke Gets In Your Eyes” (piloto), dirigido por Alan Taylor)
“House” (episódio “House’s Head”, dirigido por Greg Yaitanes) –
Aposto e torço por House, mas não tenho propriedade para falar de direção.

Para o seriado que tanto gosto e acompanho, Lost, as indicações não param por aí. o seriado foi indicado como a melhor fotografia, com John Bartley por “The Constant”; melhor trilha de episódio com Michael Giacchino pelo mesmo episódio; melhor edição de episódio por “There’s no Place Like Home (Partes 2 e 3)”; melhor edição de som por “The Shape of Things to Come”; e melhor mixagem de som por “Meet Kevin Johnson”.

Se não bastasse, a série para celulares, “Lost: The Missing Pieces”, concorre a melhor programa de entretenimento de curta-metragem.

Será que o ano é de Lost? Tomara que sim, mas a melhor série dramática deveria ser para Dexter, como citei acima. Foi a melhor do ano, disparada! Agora é ficar na torcida mais que especial pelas três indicadas que tanto gosto.