Posts Tagged ‘Cinema nacional’

h1

Filme cinco estrelas

quarta-feira, 17 junho, 2009

divaEsse filme merece destaque especial! Ontem fui ao cinema e assisti o filme nacional “Divã”, com Lília Cabral, como atriz principal. Sim, só ontem chegou esse filme ao cinema de Três Corações! Mesmo assim, digo: quem não viu, veja! Vale R$1,99! Aos preconceituosos em relação ao cinema nacional, veja e tire suas conclusões. É um filmaço e, como costumo fazer no “Cine em Cena”, vou logo dizendo a nota: 5, e com louvor.

O filme narra a história de Mercedes (Lilia Cabral), uma mulher quarentona, mãe de família, mas que vive às voltas com as alegrias e desafios da sociedade contemporânea. Casada e mãe de dois filhos, Mercedes decide, mesmo sem saber bem o porquê, procurar um psicanalista. E, assim, o que antes era apenas uma curiosidade, se transforma em uma experiência devastadora, que provoca uma série de mudanças em sua vida cotidiana.

No filme vale ressaltar o show dado por Lilia Cabral, além dos ótimos coadjuvantes José Mayer, Reynaldo Gianecchini e Alexandra Richter.

Anúncios
h1

A bossa nova na telona

sexta-feira, 29 agosto, 2008

Nesta sexta-feira estréia o filme “Os desafinados”, de Walter Lima Jr. Os atores Rodrigo Santoro, Jair de Oliveira, Ângelo Paes Leme e André Moraes interpretam quatro amigos que têm um sonho em comum: tocar no Carnegie Hall. Todo o romantismo da década de 1960 é retratado no filme com direito a muita bossa nova.

Após juntar o pouco dinheiro que possuem, os jovens sonhadores largam tudo no Brasil e seguem para os Estados Unidos em busca de fama e sucesso. Em compensação, nos Estados Unidos nem tudo acontece como o esperado. Joaquim, personagem interpretado por Rodrigo Santoro, que só conseguiu viajar graças ao empréstimo feito com a própria esposa (Alessandra Negrini) que estava grávida, se apaixona perdidamente por Glória (Cláudia Abreu), que também canta e acaba assumindo os vocais do grupo brasileiro e alojando o quarteto em seu apartamento.

Aos poucos Joaquim é tomado pelo sentimento de culpa, acaba retornando ao Brasil e aos braços da esposa. Já o Brasil passava por momentos complicados em decorrência da ditadura militar e as manifestações artísticas ficaram sob as mãos da censura.

Para interpretar Joaquim, o ator Rodrigo Santoro teve aulas de piano por mais de um mês, aprender a tocar todo o repertório do longa metragem. Se não bastasse, no filme Santoro toca gaita e violão. Fica aí a dica… Aproveite e veja o trailer do filme abaixo: