Posts Tagged ‘campeonato carioca’

h1

Domingão “especial”

domingo, 22 março, 2009

Não sou de reclamar da vida. Pelo contrário, agradeço todos os dias o dom de acordar, de abrir os meus olhos, sair da minha cama, escovar os dentes, tomar aquele banho demorado, tomar o meu cafezinho, sair de casa, entrar no meu carro e seguir para o trabalho. Enfim, coisas simples que dou muito valor.

Em compensação, meu domingo foi de muito trabalho. Não, não vejo problemas. Até gosto. É óbvio que preferia ficar em casa, almoçar com a gatinha, dormir depois do almoço de conchinha, assistir um futebolzinho de leve, o jogo das quatro horas, o das seis… Bom, falando em futebol… Pelo menos o cenário poderia ser pior. Eu não vi o meu Flamengo ser derrotado para o Vasco da Gama. Se não bastasse, também não vi o show do Los Hermanos na Multishow.

Também não vi o Fantástico, muito menos o Pânico. O Big Brother?! Vixxxx…. Pô, que domingão foi esse, heim?! De fato, o meu domingo não valeu nem R$1,99!

Anúncios
h1

Bairrismo de m****

quinta-feira, 19 março, 2009

cruzeiro

Pelo apaixonado por futebol bonito, Luiz Augusto Reis Almeida.

Atenção imprensa nacional: deixe de lado o Ronaldo e o “Curintia” e fique muito atento ao futebol apresentado pelo Cruzeiro. Para os que “não conhecem”, ou fazem questão de não conhecer, fique muito atento porque é disparado o melhor futebol apresentado no país.

Detalhe: quem é o Palmeiras perto do futebol cruzeirense… Vamos dar visibilidade para o time da Toca, heim?!

Vamos valorizar o FUTEBOL BRASILEIRO, deixando de lado o bairrismo. Lembrando sempre que antes mesmo de ser flamenguista, sou amante do bom futebol e, até então – 19 de março de 2009, o Cruzeiro foi o time que mais jogou bonito, ok?!

h1

Pagamento já!

quarta-feira, 11 março, 2009

Nem se o Cuca fizer milagre...

Nem se o Cuca fizer milagre...

Pelo flamenguista Luiz Augusto Reis Almeida

Antes mesmo de comentar qualquer coisa, quero deixar claro que sou flamenguista desde o meu primeiro dia da vida. Como costumo dizer, quem torce pelo Flamengo não vira, e sim nasce. Mesmo assim não posso enxergar o meu time como um mero espectador, afinal de contas, como torcedor, faço parte do time, da história deste clube que amo desde o nascimento.

Faça agora um exercício de imaginação. Se por acaso o seu chefe, ou melhor, a sua empresa, deixasse você na merda pior sem pagar os seus salários, o 13º, os encargos trabalhistas e outros, o que você faria? Se ficasse dois, três meses atrasados, qual seria a sua atitude? Acordaria cedo, iria trabalhar, daria o “sangue”, aguentaria broncas, exigências e outras coisas mais? Se você aceitaria tudo isso, não quero ser seu colega de trabalho. Convenhamos, todos nós temos contas a pagar, temos as nossas famílias, as gandaias, temos que comer, beber… Enfim, temos o que fazer com o dinheiro (Se você não tem é só avisar que passo para você o número da minha conta– rs.)

Então, para qualquer jogador de futebol isso não é diferente. O “cara” criou o padrão de vida dele de acordo com o que ganha. Se ganha 150 paus, gasta 150. E assim vai. Guardar dinheiro é para poucos jogadores inteligentes. Pouquíssimos. Os demais, meus caros, gastam tudo que ganham e, dizer que o salário está atrasado é motivo para corpo mole. Ahh, você vai me falar de amor ao time, certo?! Que amor?Existe isso no futebol?

Então, diretoria “amadora” do Flamengo, que tal quitar os atrasados? Como vai conseguir o dinheiro? A torcida não quer saber, assim como não quero nem ver meus colegas me “zoarem” por causa dos resultados negativos dentro de campo. O time do Flamengo é até bom, tem potencial, mas se não quitarem os salários iremos para segundona.

Então, antes mesmo do campeonato brasileiro começar é bom que “experiente” Márcio Braga e o “honestíssimo” Kleber Leite, deem uma arrumada na casa, procure vender alguns jogadores para quitar as dividas com funcionários e demais atletas. Não adianta querer “jogar para torcida”, fazer gracinha, assuma a situação do time, negocie 2, 3, 4, jogadores se for preciso, e aprenda que o PLANEJAMENTO é o segredo de todo e qualquer negócio.

Sei muito bem que vocês estão colhendo os frutos (ou seria mato) do que foi plantado no passado. Se nada for feito agora, será que o Flamengo terá futuro? Então, dê o primeiro passo… 2007 e 2008 foi marcado pelos salários em dia e pela volta em massa dos torcedores aos estádios. Ficamos em lua de mel com o time. Foram os melhores anos do Fla nos últimos 15 anos. Agora, em 2009, não temos muito que comemorar. Mais que ser derrotado pelo Resende em pleno sábado de carnaval é ver o time não (a)pagar nem fogo na roupa.