Posts Tagged ‘Bomba’

h1

comportamento.com.br

quarta-feira, 8 abril, 2009

internet1

Por Luiz Augusto Reis Almeida

Engraçado demais a postura do leitor moderno – entenda: usuário da internet. Tenho percebido que as notícias mais lidas nos portais e blogs são aquelas que tratam assuntos como filmes pornográficos, fotos de alguém nu, ou que pelo menos pagou “peitinho”. Acompanho os acessos diariamente, as mensagens mais lidas, o que é mais acessado, comentado etc, etc, etc.

Lembra do boato de que a BBB Priscila era atriz de filme pornô?! Diga-se de passagem, era apenas uma breve semelhança entre a atriz do tal filme e a sister. Outra sister também foi alvo: Maíra. O vídeo amador e adulto, dessa vez verdadeiro, foi visto por sabe lá quantas pessoas e, todas as declarações a respeito, foram acessadas como ninguém.  Essas duas matérias (matéria?) foram as mais lidas dos últimos meses.

Isso é o que o povo mais gosta de ler (ler?), infelizmente. Quem produz conteúdo na internet realmente não tem tanto espaço assim. Texto longo, sem chance. Agora, se colocar um vídeo de mulher pelada, aí, meu amigo, se segura… Seu blog será o mais “lido”, comentado, acessado e o “carvalho” a quatro.

Queira ou não, esse é nosso público. Quem estudou comunicação lembra bem da Teoria do Agendamento, ou o Agenda Setting – poder da mídia em pautar os temas que serão discutidos no cotidiano das pessoas.

Essa é a nossa realidade que vale muito, mas muito mesmo… Nem R$1,99!

Anúncios
h1

Carnaxé 2009

quarta-feira, 18 fevereiro, 2009

carnaval_mascara

Por Luiz Augusto Reis Almeida – Diga não ao Axé!

Acho que estou ficando velho… Já amei carnaval, gostei, adorei, contava os dias para a chegada do período e hoje… Curto! Acho divertido e tal, mas tem uma coisa que me deixa até desanimado no carnaval são os hits baianos, os funks (etc, etc, etc) que tomaram conta. Que saudade das marcinhas… P*** m****! Agora é prova que estou ficando velho mesmo… Até porque não fui da época das marchinhas.

Apenas lembro as marchinhas por causa de uma banda que tocava no carnaval da minha cidade, Mariana.. Se eu não me engano o grupo se chama “A incrível Banda”. Mesmo assim, acredito essa substituição de hits não vale Nem R$1,99!

Esse “raio” desse axé em pleno carnaval não Vale nem R$1,99. Mais dureza ainda é pensar que em plena quarta-feira de Cinzas estarei com aquele “joelhinho, cabeça, joelhinho, cabeça” (hits grudentos do carnaval 2009 – ainda não sei qual será!) martelando em minha cabeça, enquanto vejo a apuração das escolas de samba do Rio de Janeiro, escutando “Mocidade Independente de Padre Miguel… Deeeeeeez. Grande Rio: Noooove… e meio!” Que medo! Se os axés de carnaval não valem Nem R$1,99, imagina o pós-carnaval?! Deixa eu parar por aqui…

h1

“Torcedores” (ou marginais?) invadem treino do Flamengo

quarta-feira, 6 agosto, 2008

Após seis jogos sem vencer, alguns torcedores do Flamengo invadiram os treinamentos da equipe e protestaram e muito contra o time Rubro-Negro. Até então, tudo certo, afinal de contas é permitida a entrada de torcedores nos treinamentos.

Em compensação, alguns desses “torcedores” (com aspas) jogaram um rojão no campo de jogo para mostrar toda sua indignação e revolta. Peraí, não vai me dizer que isso é normal, né?! Sou flamenguista, sofro bastante nas derrotas, comemoro muito nas vitórias, mas chegar ao ponto de jogar uma bomba no campo de jogo é demais.

Sinceramente, esses “torcedores” que foram ao treino do Flamengo deveriam ser presos na mesmo hora. O problema é que a maioria desses marginais disfarçados de torcedores tem “costas-largas” dentro dos clubes. Já vi o mesmo acontecer no Atlético-MG, Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Cruzeiro (…) e as diretorias em questão não tomam as medidas cabíveis.

E tem mais, de que vivi um torcedor desses? Como pagam suas contas? Vivem correndo o país atrás dos seus times… Como? São patrocinados? Financiados? São herdeiros de uma herança milionária? Na boa, tem time pagando conta de torcedor aí… É muito simples chegar a essa conclusão e isso não é segredo para ninguém que acompanha o futebol. Tem até presidente de torcida organizada que entra em vestiário para discutir com técnico de futebol. Isso sim é o cúmulo do amadorismo.

Realmente o time do Flamengo caiu muito, mas isso não justifica que uma “praga” dessas entre no campo de jogo para fazer o que quer… Certo são os times da Europa que não permitem que torcedores vejam os treinamentos. Quer ver o time, então vá ao jogo. Respeito ao ambiente de trabalho é mínimo para qualquer trabalhador.

Lamentável! Já imaginou alguém invadir seu ambiente de trabalho e jogar uma bomba? Só no futebol brasileiro mesmo…

Veja a vídeo do momento da confusão.