Posts Tagged ‘Bizarrice’

h1

Real ou pago?

sexta-feira, 14 novembro, 2008

ft0programaDizer que a TV brasileira já teve muita coisa ruim é “chover no molhado”. Alguns programas chegam a ser ridículos e assustadores. Um deles é a atração do SBT “Casos de Família”. Para quem nunca viu o talk show, apresentado por Regina Volpato, trata alguns temas polêmicos ao palco, normalmente “escândalos do dia-a-dia”, e leva pessoas que estejam envolvidas com a temática. As pessoas discutem, a platéia comenta o problema alheio e às vezes um especialista também dá seus bitacos. Se não bastasse, Regina Volpato comanda os ânimos da galera com todo o seu bom senso e imparcialidade.

Sinceramente, até acredito que alguém assista diariamente o tal programa tão bizonho, mas eu não acredito que exista uma pessoa que além de colocar seus problemas em rede nacional, fica escutando os bitacos e julgamentos dos presentes. Outra coisa, quem no mundo iria acompanhar um programa desses ao vivo? Imagina, a caravana de Três Corações rumo ao programa “Casos de Família”? É o cúmulo da “tosqueira”. Esse povo desse programa só pode ser um bando de figurante. Ou o telespectador que é um figurante?! Não é possível que esse programa esteja sendo real… Não acredito mesmo! Esse programa não vale Nem R$1,99!

Forte abraço,

Luiz Augusto Reis Almeida

Anúncios
h1

A não (artigo + advérbio), tá de sacanagem?

terça-feira, 26 agosto, 2008

Direto do mundo velho.

h1

Preso pelo próprio amor (não é novela mexicana)

sexta-feira, 8 agosto, 2008

É cada coisa que acontece neste mundão que até Deus duvida. Essa vem de longe, lá de Hong Kong, mais especificamente do parque Lan Tian, quando um cidadão de 41 anos resolve ter uma idéia “brilhante”. O “rapazote”, no auge da sua juventude e com os nervos a flor da pele, resolve colocar o seu órgão sexual, também conhecido como pênis (…), dentro da cavidade, digo, dentro do buraco de um BANCO DE METAL.

Sim, amigo leitor, é isso mesmo… O único probleminha que aconteceu foi que o “rapazote” acabou preso dentro do próprio buraco. Preso no sentido de entalado, garrado, entendeu?! No desespero ele acionou a polícia e o corpo de bombeiro para tirá-lo daquela situação um tanto quanto constrangedora. A vítima (estou dizendo do “rapazote”, e não do banco) teve que ser levado ao hospital juntamente com o banco.

Agora, amigo leitor, imagine o que esse cara vai fazer com esse banco? Será que ele vai pedir o banco em casamento ou vai entrar na justiça contra a administração do parque? É cada coisa…