Posts Tagged ‘Baile’

h1

Carnaxé 2009

quarta-feira, 18 fevereiro, 2009

carnaval_mascara

Por Luiz Augusto Reis Almeida – Diga não ao Axé!

Acho que estou ficando velho… Já amei carnaval, gostei, adorei, contava os dias para a chegada do período e hoje… Curto! Acho divertido e tal, mas tem uma coisa que me deixa até desanimado no carnaval são os hits baianos, os funks (etc, etc, etc) que tomaram conta. Que saudade das marcinhas… P*** m****! Agora é prova que estou ficando velho mesmo… Até porque não fui da época das marchinhas.

Apenas lembro as marchinhas por causa de uma banda que tocava no carnaval da minha cidade, Mariana.. Se eu não me engano o grupo se chama “A incrível Banda”. Mesmo assim, acredito essa substituição de hits não vale Nem R$1,99!

Esse “raio” desse axé em pleno carnaval não Vale nem R$1,99. Mais dureza ainda é pensar que em plena quarta-feira de Cinzas estarei com aquele “joelhinho, cabeça, joelhinho, cabeça” (hits grudentos do carnaval 2009 – ainda não sei qual será!) martelando em minha cabeça, enquanto vejo a apuração das escolas de samba do Rio de Janeiro, escutando “Mocidade Independente de Padre Miguel… Deeeeeeez. Grande Rio: Noooove… e meio!” Que medo! Se os axés de carnaval não valem Nem R$1,99, imagina o pós-carnaval?! Deixa eu parar por aqui…

Anúncios
h1

Adiós, Brasil!

terça-feira, 19 agosto, 2008

Desde que começou as Olimpíadas eu me recusei a falar da seleção de futebol. O motivo é simples: não agüento ver o time brasileiro jogar feito um timeco de quinta categoria. E isso, mais uma vez, aconteceu. O time comandado pelo “gênio” Dunga foi colocado para jogar com medo, defendendo, com apenas um atacante… Não preciso dizer que eu já sabia, afinal de contas isso é feio demais, até porque isso é um discurso de quem não tem personalidade de assumir seus erros.

Até achei que poderia daria certo, tendo em vista a partida consciente da equipe amarelinha contra Camarões. (Consciente é diferente de show de bola, baile, etc, etc, etc… ). Para variar, deu errado. Convenhamos: Brasil é Brasil. Temos que jogar feito time grande, os nossos adversários devem temer o nosso time. Em compensação, jogamos feito Honduras. E aí, a Argentina, que de boba não tem nada, bateu como se tivesse jogando contra Honduras.

Sinceramente, Sr. Dunga. Não dá! Vá treinar o América-RJ, o Madureira, o Tupi, o Atlético de Três Corações, Marianense… Enfim, seleção não dá! Já o Ronaldinho não foi dos piores, mas não dá para depender dele… Toda vez que ele precisa ser o camisa 10, aquele que decide, que assume a postura, que dá a cara pelo time, ele some… E aí, com essa combinação, adeus viola! Se não bastasse, no final do jogo, os atletas correm das entrevistas – exceto o meia Diego. É nessa hora que eu queria ver o Ronaldinho mostrar sua cara… Infelizmente ele não é jogador de assumir esse tipo de coisa. É apenas mais um, para ser sincero. RONALDINHO, VOCÊ NUNCA SERÁ UM CRAQUE NA SELEÇÃO, APENAS MAIS UM A VESTIR A CAMISA AMARELINHA! NUNCA SERÁ… ISSO É FATO! QUE SAUDADE QUE TENHO DE JOGADORES COMO ROMÁRIO E ZIDANE… GENTE QUE DÁ SANGUE EM CAMPO E ASSUME AS VITÓRIAS E AS DERROTAS!

Até breve, Brasil! Até o desembarque no Brasil, se é que vocês darão as caras por aqui…