Archive for the ‘produtos’ Category

h1

Ei, Elke, me explica aqui…

quinta-feira, 13 novembro, 2008

Thaís Pacheco

Não que eu seja a mais vaidosa entre as mulheres, mas pelo menos meu rímel e meu batom andam na bolsa e eu sei o que é bom.

Não que eu seja a mais rica entre as mulheres, mas não é tão traumático assim comprar um produto de qualidade por um preço maior.

Especialmente se estamos falando cosméticos que, se usar qualquer coisa, pode ter prejuízos irreversíveis. Já ouvi falar de uma moça que usou um xampu feito com alguma merda, que ficou careca! E de uma sombra de olho vencida que corroeu uma pálpebra. Imagina?

Pois bem, uso Clinique, que vale muito, muito mais que R$ 1,99

Mas, desta vez, resolvi comprar um rímel da Elke Maravilha. Só R$ 13.

Passei, senti meus cílios secando e endurecendo. Achei que podia ser um bom sinal, assim não ia sair. Ledo engano. Passados uns 40 minutos começou a coçar. Não resisti e meti o dedão no olho pra resolver o problema. Saiu metade do rímel no meu olho. Deixei como estava.

Durante o dia, parecia que eu tinha olheiras terríveis. Era um preto só embaixo do meu olho. O rímel da Elke foi escorrendo e saindo. Lavei como pude e joguei aquela merda no lixo, porque, como vocês podem suspeitar, não vale nem R$ 1,99. quanto mais R$ 13…

elke_maravilha

h1

iPhone – não gaste seu rico dinheirinho com isso

domingo, 2 novembro, 2008

Quando o assunto é gadgets modernosos, é difícil achar uma pessoa neste mundo de meu deus que não fique babando por um ou outro. Belos designs, funções cada vez mais legais e, acima de tudo, campanhas de markting que fariam qualquer cristão fervoroso comprar um boneco  do capeta, hipnotizam as pessoas para o consumo dessas bugingangas.

E um dos apetrechos tecnodesejáveis mais visado dos últimos tempos é o tal do iPhone. Que beleza de telefoninho bunito da porra! Se fosse pela beleza e pelo mkt em cima do telemóvel do Sr. Steve Jobs, com certeza ele não seria assunto nesse blog. Mas existem outras coisas a serem levadas em conta.

Sairam muitas comparações entre o iPhone e os mais diversos objetos, como um chuchu, uma pedra, etc. Comparações que são engraçadas, mas servem pra ilustrar porque esse telefoninho não vale Nem R$1,99.

Encontrei essa lista de razões no blog Ossa Mãe, e transcrevo aqui porque achei a mais original:

  1. A câmera do iPhone é uma piada. Não tem flash, não tem zoom e, se o local a ser fotografado não estiver super iluminado, sai tudo bem borrado. Primeira decepção de uma extensa lista.
  2. Até você pegar o “jeito” anatômico do telefone, sua bochecha “derrubará” várias ligações. Cansei de desligar na cara de amigos sem querer e depois ligar com vergonha, me sentindo uma jeca tatu.
  3. Você tira aquela foto linda numa viagem e quer mandar pra sua mãe, via torpedo. Esqueça, amigo, o iPhone não te permite usar esse tipo de “tecnologia avançada” que é o MMS.
  4. Se você não tiver uma capinha bem resistente pro seu brinquedo, é melhor não deixar cair nem molhar. O iPhone é mais sensível que uma canceriana de TPM.
  5. Você, como eu, deve adorar as firulas de que o Flash, na internet, é capaz. Um milhão de sites legais utilizam esse recurso, só que com o iPhone você não enxerga nenhum desses sites. A versão Safari presente nele não suporta Flash. Buá.
  6. Esse é um típico aparelho feito para o primeiro mundo. Quebrou? Nem pense em abrir, levar à Santa Ifigênia… Manda pra uma autorizada Apple e reza. Se você trouxe sem nota, então, senta e chora, porque a autorizada não vai se responsabilizar por possíveis defeitos, é claro.
  7. O iPhone é altamente visado, um objeto desejado tanto pela galera da obra ali da esquina quanto por rodinhas de modernos. Então dá aquele medão de tirar da bolsa pra mudar a música no iTunes no meio da rua. Conclusão: você até esquece que comprou o telefone justamente porque ele é um iPod também.
  8. Fazer videozinho com o telefone é a coisa mais batida que tem, né? Menos se você é dono de um iPhone (não sei se o modelo novo traz vídeo, mas o meu não).
  9. Como a maioria dos celulares, o som da caixinha é sofrível. O fato de ser também um iPod não exerceu nenhuma influência positiva para melhorar esta condição.
  10. Quer se sentir com mãos pesadas como as do Dino da Silva Sauro? É só digitar mensagens longas no teclado “apertadinho” do iPhone. Faz a mais delicada das meninas sentir que tem mãos de Shrek

É lógico que muita gente descorda desse ponto de vista. Preferem que se fale mal da mãe do que do seu brinquedinho. Pobres crianças em transe.

O iPhone tá na base dos mil, mil e poucos reais por aí. Pelo mesmo preço, você pode comprar um N95 que dá de goleada no telefoninho da Apple. Qual você vai preferir?