Archive for 9 de dezembro de 2008

h1

Vá jogar na…

terça-feira, 9 dezembro, 2008
Traidor Futebol Clube

Traidor Futebol Clube

Por Luiz Augusto Reis Almeida

O presente texto… Putz, nada disso… Estou muito puto da vida com um tal dentuço. Não, não é o coelhinho da Mônica, nem meu amigo Rodrigo Esponja. Estou falando do “filhodaputa” do Ronaldo Fenômeno. A vida inteira o cara garantiu que era flamenguista, que queria jogar no Flamengo, que seu sangue era Rubro-Negro… Este ano foi para a Gávea realizar seu tratamento médico, usou a camisa, treinou, a torcida babou ovo, criou campanha para sua permanência e imaginávamos que ele assinaria com o Flamengo ou um time de fora. Se não bastasse, até pegar travecão com a camisa do Flamengo ele pegou.

E agora ele acerta com o Corinthians? Não vou dizer nada a respeito do digno time do Parque São Jorge que era de segunda, mas agora é novamente de primeira, apenas falarei do FDP do Ronaldo. A vida inteira sempre fui fã do atleta, acho ele diferenciado, craque de bola e que, com certeza, vai dar alegria para a torcida do… Porra, do Corinthians! Tudo bem, estamos falando de um jogador de futebol, o “Grana Futebol Clube”, como a grande maioria é. Mas isso não foi certo, ético. Ahhh, e quem é ético no meio futebol?

Vou deixar o choro de flamenguista de lado e vou dizer exatamente o que penso: Ronaldo, você não vale Nem R$1,99! E não me venha dizer que quer encerrar a carreira no Flamengo… E se disser, diretoria de merda, você não vão deixar, né?! Vá encerrar sua carreira jogando no time do besta quadrada do Pelé, ou no asilo futebol clube.

h1

Hipocrisia labutária

terça-feira, 9 dezembro, 2008

Confissões de preguiça de Thaís Pacheco

Já que o Gabriel tocou no assunto, vou falar:

Sabe o que não vale nem R$ 1,99?
Trabalhar.

Morro de preguiça.

Faço o que eu gosto, trabalho num lugar sensacional, com pessoas incríveis e não posso reclamar do meu salário.

jornalista

Ainda assim, se eu pudesse ficar em casa dormindo em vez de vir trabalhar, não pensaria duas vezes.

Conheço gente que diz que se ganhasse na mega-sena, ainda assim, trabalharia.

Há, há, há, faça-me rir!

Se eu ganhasse 2 milhõezinhos que fosse, vocês nunca mais iam me ver na vida, porque eu ia ficar viajando de renda.

Tenho a impressão de que a vida foi feita para se comer bem, se dormir bem (e muito), conhecer lugares novos: cidades, baladas… A vida foi feita pra ouvir música e ler livros!

E vocês me dizendo que querem trabalhar.

Verdade seja dita: horário de expediente não vale nem (vocês sabem o que).