h1

Um burguês chamado Cazuza

sexta-feira, 3 abril, 2009

cazuzaPor Luiz Augusto Reis Almeida

Meus pais, ou melhor, meus dois mestres, na qual tenho o maior respeito e referência de vida, sempre me ensinaram coisas boas e acima de tudo me mostraram o quanto é importante seguir bons exemplos. Por outro lado, o eterno astro brasileiro, Cazuza, que também admiro, canto suas músicas e tudo mais, conquistou uma legião de fãs por causa de suas composições fortes e marcantes.

E quem não gosta do cantor Cazuza?! Ele vale muito mais que R$1,99. Em compensação, as atitudes de Cazuza foram lastimáveis. De fato ele passou a vida como um burguesinho irresponsável, que tinha uma mãe maravilhosa, mas que vivia passando a mão em sua cabeça, e um pai totalmente ausente. Pais que não tiveram pulso para manter seu filho.

Mesmo assim a figura do Cazuza permanece intocável e até hoje é comum a mídia e a população cultuar o burgues chamado Cazuza. Os mais críticos dirão que é falta de originalidade da minha parte. Será?! Apenas não costumo idealizar algo que não é exemplo de ídolo e não fez da vida um espaço digno de se viver.

Entendo e sou fã das composições de Cazuza, mas como pessoa… Deus me livre! Como disse Nelson Rodrigues, “A unanimidade é burra”. E acrescento: é cega! (nesse caso não é surda, afinal de contas, o cantor Cazuza era excepcional).

Para explicar de maneira diferente o que penso de Cazuza, usarei o próprio Cazuza: “Meus heróis morreram de overdose, meus inimigos estão no poder. Ideologia, eu quero uma pra viver”. Sim, ideologia de vida, era isso que Cazuza precisava. Cazuza foi, para mim, um rebelde “perdido” na zona sul. O Cazuza cantor “era o cara”, como ele mesmo cantava. Já o Cazuza homem, não valia Nem R$1,99, era lastimável. Nada contra que é fã do cara, mas esse é o meu pensamento e faço jus a minha liberdade de expressão.

Como sei que o tema é polêmico demais, peço apenas uma coisa para quem for comentar: RESPEITE A OPINIÃO ALHEIA. Não existe motivo para agredir moralmente, falar mal ou ofender. Apenas apresente seu ponto de vista e será muito bem vindo. No texto acima eu fiz apenas isso: apresentei o que eu penso. Esse é o espaço para isso!

About these ads

40 comentários

  1. Concordo com vc assim como ele existem outro no mundo artístico que eu também não daria nem R$ 1,99.


  2. Concordo com vc assim como ele existem outros no mundo artístico que eu também não daria nem R$ 1,99.


  3. Kd os comentários sobre o Rubens Barrichello…? Quando éram para satirizar saia rápido né!? Agora que tem que reconhecer estar errado o tempo todo demorademorademora…. rssss

    Obs.: Quais são os nomes da vez na F1? Jenson Button (quase desempregado), Iarno Trully (quase aposentado forçosamente) e Rubens (quase aposentado forçosamente), e além disso o que eles têm em comum? o que Hamilton, Kovalainen, Raikkonen, Kubica, Vetel e muitos outros não têm, experiência e caráter de pilotagem em risco extremo por causa do carro ruin… antes (2008), se sobressaiu o melhor carro, agora com todos carros quase com o mesmo patamar, sobressai o piloto… Vai ter que me engulir Luiz Schummi.


  4. nao é polemico nao, se alguem te falar que ele era exemplo de vida, reze por essa alma…


  5. Brother, apesar do blog ter mudado um pouco de caráter, estou preparando um post especial para o pé de chinelo, o eterno número 2! Pode esperar que ele virá! Abração e fica com Deus!


  6. Apesar de eu nao ter acompanhado a historia de cazuza qdo ela aconteceu, fiquei totalmente pasma qdo assisti o filme “tributo a cazuza”, e olha que ali nao deve ter nem a metade do que ele fez com a vida dele. Mas dos males o melhor, deste filme tirei a melhor conclusão de todas, vou ser firme com meu filho. E tenho certeza que ele não vai ser despresivel assim como cazuza é.


  7. bom, eu concordo em partes..
    mas, o q vc disse nao tem muito sentindo
    o CAZUZA foi um jovem revolucionario..
    q diz “aquele garoto q ia mudar o mundo agora assiste a tudo em cima do muro”
    por opniooes como a sua
    q acha q devemos ser como a “sociedade” quer ver..
    e a vida num é um teatro..
    bjoos


  8. bom, eu concordo em partes..
    mas, o q vc disse nao tem muito sentindo
    o CAZUZA foi um jovem revolucionario..
    q diz “aquele garoto q ia mudar o mundo agora assiste a tudo em cima do muro”
    por opniooes como a sua
    q acha q devemos ser como a “sociedade” quer ver..
    e a vida num é um teatro..
    bjoos
    e alias eu entrei por causa da foto!


  9. Olá, Sah! Tudo bem?! Bom, seu comentário é interessante, em compensação, como disse no texto, não estou dizendo que ele não foi revolucionário… Até foi, mas não conseguia uma revolução nem na própria vida. Isso não quer dizer que sou como a sociedade quer ver. Sou o que quero ser, ou melhor, sou o que sou. Parece frase pronta, mas não é. A maior revolução que podemos fazer é na nossa própria vida. Após mudar o que está ao redor do seu umbigo, aí sim você consegue colocar suas idéias para funcionar e muda o que está ao seu redor. Cazuza não mudou nada de forma positiva na sua vida. Mas é isso aí! Entre aqui sempre, ok?! Abração


  10. eu não cheguei a conhecer cazuza mais acredito que ele fez uma grande mundaça no ´paiz assumiu a seu erro porque quem o jovem que não erra por azar o erro dele levou a morte mais ele deixou suas musica que são lindas por sinal que ele descanse em paz


  11. cada um faz o que quer da vida,como ele mesmo dizia.eu não posso causar mal nenhum a não ser amim mesmo…são os loucos q empurram a raça humana pra frente…abraço.


  12. Cara, acho que quase todos vocês que postaram aqui estão mesmo sem uma “ideologia” para viver. Fazer um sítio para discutir, opinar e sei lá mais o que sobre a vida do artista “A” ou “B” é realmente “uma eterna falta do que falara”. Vocês ficam julgando o cara por ter uma vida louca, mas transparente e honesta. Ele sempre foi, assim como todos nos, um verdadeiro cidadão brasileiro o seu estilo de vida foi “livre e desenfreado”, fez tudo o que quis e muitas das coisas que vocês não têm coragem para admitir. Viver é bom, nas curvas da liberdade. Esse papo de que meus pais me ensinaram o bom e o melhor é a retórica mais barata pra se admitir ter inveja de alguém e, sorrateiramente, desmerecer seus créditos. Esse papo barato e respeite minha opinião é coisa de maricas que não tem coragem de defender suas ideias com fervor, destemido em seus argumentos. Isso é uma rede, porra! É para quem quiser entra e postar sua opinião, com ou sem palavrão. O Cazuza vale mais que vocês todos juntos e enfeitados de diamantes. Cresçam, crianças. Aproveitem o país que herdaram sem esforços de pessoas que batalharam e botaram a “cara a tapas”. Ele pode ter sido um cidadão fora do padrão comum de vida de muitos de nós, mas isso não merece tanto prestígio; o que ele fez, sim. Aproveitem essa magnífica ferramenta, internet, e pesquisem mais sobre suas letras e ideias. Tentem absorver só um pouquinho do que ele fez. Façam algo de útil à vida de você, pobres jovens. Aprendam um pouco mais de política e vão à escola para aprender bem o básico e ficar menos ignorante. Indignem-se com toda essa palhaçada que fazem com nosso país. Leiam e descubram mais sobre vocês mesmos. Seus pais passaram valores, isso é ótimo cada um de vocês terão esses valores pra sempre consigo, mas vocês estão precisando muito ser vocês mesmo, precisam ser um pouco o Cazuza, ou então vivam seus sórdidos dias valendo R$ 1,99, crianças.


  13. Cara, acho que quase todos vocês que postaram aqui estão mesmo sem uma “ideologia” para viver. Fazer um sítio para discutir, opinar e sei lá mais o que sobre a vida do artista “A” ou “B” é realmente “uma eterna falta do que falara”. Vocês ficam julgando o cara por ter uma vida louca, mas transparente e honesta. Ele sempre foi, assim como todos nos, um verdadeiro cidadão brasileiro o seu estilo de vida foi “livre e desenfreado”, fez tudo o que quis e muitas das coisas que vocês não têm coragem para admitir. Viver é bom, nas curvas da liberdade. Esse papo de que meus pais me ensinaram o bom e o melhor é a retórica mais barata pra se admitir ter inveja de alguém e, sorrateiramente, desmerecer seus créditos. Esse papo barato e respeite minha opinião é coisa de maricas que não tem coragem de defender suas ideias com fervor, destemido em seus argumentos. Isso é uma rede, porra! É para quem quiser entra e postar sua opinião, com ou sem palavrão. O Cazuza vale mais que vocês todos juntos e enfeitados de diamantes. Cresçam, crianças. Aproveitem o país que herdaram sem esforços de pessoas que batalharam e botaram a “cara a tapas”. Ele pode ter sido um cidadão fora do padrão comum de vida de muitos de nós, mas isso não merece tanto prestígio; o que ele fez, sim. Aproveitem essa magnífica ferramenta, internet, e pesquisem mais sobre suas letras e ideias. Tentem absorver só um pouquinho do que ele fez. Façam algo de útil à vida de você, pobres jovens. Aprendam um pouco mais de política e vão à escola para aprender bem o básico e ficar menos ignorante. Indignem-se com toda essa palhaçada que fazem com nosso país. Leiam e descubram mais sobre vocês mesmos. Seus pais passaram valores, isso é ótimo cada um de vocês terão esses valores pra sempre consigo, mas vocês estão precisando muito ser vocês mesmo, precisam ser um pouco o Cazuza, ou então vivam seus sórdidos dias valendo R$ 1,99, crianças.


  14. Cazuza grande poeta,lutador incansável contra a caretice, génio.Vida particular? quem nunca errou que atire a primeira pedra…


  15. Não estou falando de erro, e sim de comportamento e exemplo. Volte sempre! Abração


  16. Bela OPINIÃO! Cada um com a sua. Só um detalhe: se a opinião sua é diferente da minha, não quer dizer que a minha é de “marica”, né?! Cazuza não é um exemplo. Isso é fato! Não tenho inveja das “merdas” que ele fez. Como disse no texto, como compositor ele foi muito bom, o “cara”. Em compensação, o cidadão CAzuza foi lastimável. Isso não quer dizer que estou com olhos vendados para o mundo. Como disse, é necessário ter educação e conhecimento para sair, inclusive, da “unanimidade” e ter condição de expressar sua opinião. Como disse Nelson Rodrigues, “a unanimidade é burra”. O meu blog é opinativo, certo?! Logo eu falo o que quero e o que penso. Talvez o blog seja o melhor espaço para comentar o que penso. É possível, por meio de palavras, e não agressão, falar sobre tudo que penso e ainda abrir espaço para opinião, como você fez. Sobre educação, voltar para a escola, digo que nem sai dela. Atualmente faço mestrado e busco me atualizar a cada dia. Isso será eterno em minha vida. Isso não quer dizer que sou adulto ou criança. Se for criança, ótimo! Ainda consigo viver a magia das crianças… Forte abraço e volte sempre!


  17. Nossa, achei interessante e gostei do site. Parabéns pela iniciativa. Gosto de todas as opiniões, porque o mundo é uma diversidade, cada um tem uma opinião diversa, a favor ou contra, mas em cada uma, sempre tem um ponto chave importante e interessante. E já que estamos falando de Cazuzetes, quero também deixar meu rastro por aqui. Eu concordo e discordo de algumas coisas. Eu procuro me posicionar de forma imparcial em muitas histórias, pois ler uma coisa é uma, e ver, presenciar, sentir na pele é outra. Então, se Cazuza foi ou não um bom exemplo, não me importo com isso, até porque só me interessa suas músicas. Isso sim, eu acho que ele fez de melhor. O resto… É, ou melhor, foi problema dele. Não me apego a fanatismos. Mas respeito quem é, porém, não os compreendo em sua totalidade. Prefiro pegar pra mim, a importância da musicalidade, (letra e melodia) que Cazuza compos, e que significaram algo na minha vida. Tocou o meu coração, soou bem nos meus tímpanos, então, significa que o cara, por mais desviado que fosse, tinha algo bom dentro dele. Não acredito que exista alguém 100% mal ou 100% bom. Acredito que pendemos um pouco pra lá e um pouco pra cá. E quanto a Cazuza, ele errou? Pode ser. Não foi, nem é exemplo de pessoa? Pode ser. Mas, não cabe a nós julgar ninguém. Eu acho isso justo.


  18. Perfeito, Laura! Viu, moçada! Para quem gosta de agredir, ao invés de opinar, aprenda com a Laura. Opinião interessante, que nos faz pensar, e que tem fundamento. Nota 10! Só um detalhe: para você ele não foi exemplo e a vida pessoal do artista não afeta. Você é uma excessão! A grande maioria dos fãs tem o ídolo como um espelho e querem seguir seus passos. Infelizmente nem todos tem o “bom senso” de reconhecer o artista apenas pela música. É complicado separar isso! De qualquer modo, o artista Cazuza foi o Cara! Suas letras são marcantes e fortes… É claro que tinha muitas coisas boas para serem passadas, mas ele não “passou” tudo! É isso… Abração


  19. Sobre a liberdade de expressão é óbvio , cada um fala o que quer , vivemos numa democracia , e isso aqui é a internet , maior liberdade impossivel .
    Sobre Cazuza eu acho o seguinte , ele não foi exemplo de vida , nem nunca foi intenção dele ser ( nem minha , diga-se de passagem ) , ele viveu sua vida sem se importar coma opinião de ninguém , ele foi sincero e verdadeiro numa sociedade de hipocrisia , que persiste até hoje , ele foi honesto a ponto de criticar sua própria classe social , a ponto de se criticar , de escancarar os seus ‘defeitos’ , tenho certeza que enquanto ele tava lá se drogando , ou enquanto ele tava fazendo as maiores loucuras , ele não tava pensando no que escreveriam sobre ele 20 anos , nem no amanhã , ele tava mais preocupado em viver , em aproveitar a vida , e ele não tava quereendo influenciar ninguém não , ” Não aconselharia nem um cachorro a me seguir na rua ” , ele deixa bem claro isso nessa frase , ele só queria viver a vida dele , sem se preocupar com julgamentos de todas as pessoas , independente de valerem 1,99 ou não . . Nada contra ao autor do texto , como eu já disse , cada um fala o que quer , mas eu acho realmente que tem muita gente que ‘vale’ muito menos do que O poeta e está aí no poder da nossa sociedade , VIVOS , esses sim precisam ser contestados , temos que mostrar a diferença nisso . Só pra constar , Ele não foi só um burguês idiota , ele sabia muito bem do que tava falando , não era só um rebelde sem causa , estimulava as pessoas a ver como aquela morbidez era ridicula , ele sabia , e muito , dos problemas que apontava , mas isso é esquecido , pra se enfatizar uma suposta vida de deliquente , as pessoas gostam de uma desgraça , gostam de usar ele como um exemplo negativo , quando ele foi um dos únicos na nossa história que falou o que pensa , que escancarou sua vida e suas mazelas , eu INFELIZMENTE nasci só depois da morte dele , mas dispensaria a presença de muitos cantores , politicos , artistas , hipocritas , para o ver caindo de bêbado cantando uma de suas obras de arte , porque ainda drogado , era mais lúcido que muitos de nós .


  20. Excelente! Belíssima opinião… Educada, com fundamento e tudo que tem direito. Parabéns! Infelizmente, nesse caso, pensamos de maneira diferente. Forte abraço e volte sempre! E comente, ok?!


  21. Olha, eu não sei falar bonito nem corretamente mais tambem gostaria de dar minha opiniao. Desculpe, mas acho que ninguem é bom o sufuciente pra ‘julgar’ outras pessoa pelas suas atitudes, e a vida que cazuza escolheu viver, ninguem tem que criticar. E


  22. E ele foi tão reconhecido pelo seu trabalho artiscito e é por isso que ele devia ser e é reconhecido. Como ja disseram aqui, todo mundo erra, apenas não estamos na mídia pra que outras pessoas apontem ele. Cazuza foi sim um gênio. As musicas dele são exelenteS, e com muito mais ganho moral do que muita musica ‘certinha’ de pessoas politicamente corretas que existem hoje em dia. Ele não foi um rebelde sem causa, ele mudou uma sociedade querendo ou não, suas musicas são tão fortes que ja foram temas de provas (pelo menos que eu ja fiz), ele tinha uma ideologia de vida sim, e prezava por ela. Nas musicas dele se voce reparar bem ele fala tanto da vida, e de como ela é boa que eu acredito que ele morreu ‘feliz’, porque vez tudo que ele quiz, e que muitas vezes nós não temos coragem de fazer. Bom, é isso, eu respeito o seu ponto de vista e ele realemte é coerente, porque o Cazuza realmente não foi nenhum exemplo, mais ele tambem nunca quiz ser. Beijos ;D


  23. Olá, Helena! Tudo bem?! Então, como disse no texto, o artista Cazuza é um fenômeno. Em compensação ele não serve de exemplo de vida. Por ter sido um homem público, queira ou não, será sempre julgado e suas atitudes serão sempre analisadas. A propósito, você já viu o filme Cazuza? Beijos e volte sempre!


  24. Ja vi o filme sim, e ja li a biografia toda dele e taal. então e só pra compartilha mais uma coisa interessante sobre Cazuza, ele era honesto e não tinha vergonha de pedir perdão. Se ele ‘brigava’, se desentendia com alguem, ele tinha a humildade de voltar e pedir desculpa quando ele percebia que estava errado, ou seja, alem de otimo cantor, ele tambem tinha varias coisas boa como pessoa, e não só desvantagens e bobagens como muitas pessoas dizem. Eu ainda acho ele uma pessoa maravilhosa, com uma IDEOLOGIA incrivel, com uma inteligencia inquestionavel, mais eu sou suspeita de falar! Mais uma coisa que não se pode negar é que ele era autentico, coisa rara hoje em dia, sendo que muitas pessoas só são o que os amigos são, só pensam como a midia faz elas pensarem, acho que deveria nascer um pouco de Cazuza dentro de cada um, para as pessoas pudessem aproveitar mais a vida, ver como ela é linda, sair dos seus paletos bem passados, dos seus escritórios, e fazer uma loucura. Logico que não precisa usar drogas pra isso, mais um pouco de loucura sempre cai bem, e como dizia o Cazuza, ‘vida louca vida, vida imensa. Ninguem vai nos perdoar nosso crime não compensa !
    Ele realmente era uma pessoa publica, voce ta certo, mais isso não nos dá o direito de julga-lo como pessoa . Beijo ;D


  25. Opinião é opinião. Em alguns pontos discordamos, em outros estamos de acordo. Você tem razão em dizer que precisamos curtir de fato a vida. E acho que é isso que devemos fazer, mas não precisa ser como o Cazuza, como você mesmo disse. Então é isso! Helena, você tem muito conteúdo! Volte sempre ao blog, ok?! Beijos


  26. um dos maiores poetas que o Brasil ja teve…
    antes de falar, deveria pesquisar… num é uma critica é um concelho. Cazuza é meu idolo exemple de vida?? eu naum seguiria a vida que ele levou mais nem por isso falo mal… uma das figuras mais importantes pra mim… e eu sinceramente não acredito em tudo que se passa no filme, pra mim é muito sensacionalismo como fez a revista veja em publicar uma matéria escrita coisas que eli não disse…
    diante disso eu só acho que não deveria julgar pois ele não teve medo de ser Diferente da forma dele viveu como quiz e para mim será um ETERNO Poeta


  27. Saudações, Caroline! Eu acredito que no filme pegaram até leve. Lembre-se que o filme teve o apoio da família do Cazuza. O ”eterno poeta” é uma figura pública e a opinião é sempre opinião. Faço questão de colocá-la na minha ferramenta opinativa, o meu blog. Assim como respeito e publico a sua sem problema alguma. É isso aí, volte sempre!


  28. Amei seu texto, esta semana trabalhei sobre ideologia e usei como referência a música ideologia, provoquei a maior polêmica com a turma, principalmente aqueles que idolatram Cazuza. Penso da mesma forma que você.
    Mesmo sem ter lido antes este texto argumentei usando quase estas mesmas palavras.
    Vale ressaltar que não foram só os heróis, como ele mesmo canta que morreram. Mas sim aqueles que sem personalidades seguiram aquela tal “ideologia”.
    ” Cazuza realmente nos deixa uma grande lição, viver a cada dia o oposto que ele viveu.


  29. Que bom que você gostou… ainda mais em se tratando de Cazuza, normalmente as opiniões são contrárias a minha… De qualquer maneira eu não deixo de emiti-la. abração


  30. Vamos pedir piedade..Senhor,piedade,pra essa gente careta e covarde!Lhes dê grandeza e um pouco de coragem ♫
    Sem mais ;)


  31. Todos vocês têm seus pontos de vista sobre ele,respeito plenamente,afinal vivemos em uma “democracia” mesmo que ainda disfarçada.Mas falar do gênio da arte Agenor de Miranda Araújo Neto(Cazuza)é fácil,díficil é aceitar o jeito autêntico e combativo que o “caju” tinha.Só sei de uma coisa,ele viveu a vida como queria e ultrapassou as barreiras impostas por essa sociedade burguesa-cristã.VIVA CAZUZA!!!


  32. você não sabe de nada do Cazuza.
    Não enxerga o proprio umbigo, você nem deve entender o que ele fala.
    Ignorante.
    Ele odiava a burguesia, não tinha pai ausente e a mãe dele não passava a mão na sua cabeça. Era mimado? ERA! Mas tinha intelecto e conhecimento, coisa que você não tem.


  33. Muitos falam que o Cazuza tava certo, que fazia o que queria, etc e tal… Que ele foi uma inspiração um exemplo, mas quero ver se qualquer um dos filhos que vocês tem ou um dia terão, seguir o exemplo desse cara. Ver seu filho drogado, bêbado, envolvido em orgias e ainda ganhar uma doença por isso.Daí vocês podem falar “Vai filho, viva a vida que vc quer, seja autentico!” Hipocrisia! Quero ver a mãe ou pai que não for careta nessa hora, e ainda pedir pro “Senhor” (que não deve ficar nada feliz com isso)grandeza e coragem! Não venham com esse papo de liberdade!Isso não é ser livre, é ser escravo do vício.
    Mas reconheço que ele era o cara como musico.


  34. Yara, que tal postar argumentos, mesmo que poucos? acho que não é bem o Luiz Augusto que não tem intelecto e conhecimento, porque pessoas que os tem, sabem argumentar.


  35. Boa Noite

    Meu nome é Lucas e tenho 28 anos. Você faz um juízo de valor totalmente moralista e altamente carregado da sua própria ideologia. Como a mãe dele mesmo diz, Cazuza não era só o rebelde doidão, era uma pessoa doce também. Nenhuma pessoa é ruim por inteiro ou bom por inteiro. Agora vou te falar uma verdade e você deve ser o contrário disso pelo que pude perceber. Cazuza era uma pessoa muito sincera e original. Duas qualidades que prezo muito hoje em dia; não se escondia atrás de máscaras hipócritas. Pelo menos o que eu vejo na sociedade hoje em dia é isso. As pessoas são o que elas tem ou o que imaginam que poderiam ter. Agora, só pra finalizar. Lamentável a sua comparação com uma nota de R$ 1,99. Na minha opinião Cazuza foi a figura mais sensata desse país e tal como Jimi Hendrix; Janis Joplin e Jim Morrison, revolucionou um pouco esse país. Devemos muito a ele. Abraços e Obrigado.


  36. Outra coisa também. Os que criticam Cazuza são os preconceituosos velados. Cazuza era homossexual; um Autêntico Brasileiro, cantou sua terra como ninguém e por uma infelicidade contraiu o vírus da Aids. Foi um patriota; um lutador até o fim. Maior exemplo não conheço.


  37. Lucas, obrigado pelo comentário… A sua opinião é diferente da minha, apenas isso! Só fique atento que em momento algum disse que ele não era doce, “salgado”, ou que era ruim. Disse e apontei os motivos pelo qual acho que o Cazuza era uma “criança mimada”. Apenas isso! De qualquer forma foi ótimo o seu comentário, afinal de contas você discordou da minha opinião e em momento algum veio com palavrão ou coisa do tipo. Forte abraço!


  38. A kra n concordo contigo n,pqp que mania eim??dexa o kra! O unico cazuza que existe pra nós é o cazuza cantor,n tem essa kra ,nos nunca conhecemos o kra,aposto que ele seria mais iteressante que qualker babaca que fica falando que ele era mimado e pa


  39. O Caju foi uma pessoa que hoje em dia é muitíssimo valorizado pela sua vida artística mesmo que em sua vida pessoal tenha dispensado os valores comportamentais que quase todas as outras pessoas seguem como padrão. Sua vida foi louca e breve! Ninguém precisa ser um gênio para tirar suas conclusões do que é “certo ou errado” ou do que faz bem e mal. Julgar é algo complicado, o que ele fez ou deixava de fazer é a vida particular do cara. Nossa liberdade vai até onde começa a liberdade do próximo, certo? Exemplo a ser seguido no que diz respeito ao seu modo de vida realmente ele não era e não fazia mínima questão de ser, afinal foi isso o que infelismente deu fim a vida de uma pessoa que tinha uma mente tão genial como o Cazuza. Um cara que na época em que viveu ter culhão pra assumir sua opção sexual, ter uma vida transparente e não meter uma máscara como muita gente faz para mostrar algo que NÃO é, merece sim o seu mérito! É isso o que deve causar tanta polêmica.. ao mesmo tempo que ele fazia suas cagadas, ele mesmo que bissexual era muito HOMEM pra assumir tudo isso! Sobre suas músicas o Luiz não cansa de enfatizar e eu reforço: ele foi o cara! kk Alguém aqui consegue imaginar um artista atual que daqui a 20 anos ainda terá tanto prestígio? Se souberem de algum me dá um toque.. kkk
    Abraço a todos, ótimo blog;


  40. Recentemente assisti na TV, no Canal Brasil, um pedaço do filme sobre Cazuza, e em uma das cenas, quando ele já estava em cadeira de rodas, conversa com o pai e relembram de quando o, ainda garotinho, Cazuza, se divertia cuspindo nos outros, de cima de uma cadeira de teleférico. Ambos riem, e a cena acaba assim: emblemática.

    Entre os roqueiros dos anos 80, as letras das músicas de Cazuza sempre indicavam que ele era um cara que escrevia coisas de um romantismo muito original, que, naquela época, muitos gostavam de escutar. Que bonito – e diferente – por exemplo, ouvir alguém sussurrando “segredos de liquidificador” à mulher amada.

    Mas, o fato é que, alterando estes momentos de romantismo, em muitos casos, nos dias de ira, talvez pela abstinência – ou excesso – de subterfúgios viajantes ou estimulantes, ele cuspia em todas as direções, e acho que nem sabia na cabeça de quem iria acertar, e a quem realmente iria prejudicar ou ofender. Nestes casos, mesmo sem saber, se assemelhava ao garotinho da infância, que depois de adulto classificaríamos como um rebelde sem causa.

    Cheguei a este blog pela digitação no Google das palavras “Cazuza burguês”, e vou dizer uma coisa, meu amigo: estou cada vez mais convencido de que até mesmo ele se sentia muito mal por não poder criticar a burguesia do lado de lá, sem a possibilidade de ter sentido de fato o que seria ter nascido em uma família de algum morro do Rio de Janeiro, e sem as oportunidades que se abriram a ele, branco, bem nascido (filho de produtor fonográfico), bonitinho e, mal educado.

    Sim: apesar desta classificação suscitar a ira de alguns fãs, Cazuza foi um burguês. Ganhou carro novo do papai para entrar na faculdade, e viajem de férias em Londres e nos EUA. Além disso, teve uma grande forcinha da Som Livre, do papai, para divulgar e vender os discos do início do Barão Vermelho. Vejam, não estou desmerecendo suas poesias, por sinal muito boas.

    Cartola, seu ídolo, um digamos, mal nascido, negro, e pobre, também precisou se encostar em pessoas influentes da rádio da época para conseguir a chance de participar de filmes e fazer sucesso com seu talento.

    O ideal é que qualquer pessoa de talento tivesse oportunidades menos injustas na mídia para que também pudessem fazer sucesso e suas poesias e músicas pelo menos chegassem a nós.

    Existiram, e existem, cantores, poetas e “revolucionários” tão bons ou muito melhores do que Cazuza, mas que por razão deste destino cruel de não terem sido bem nascidos e não terem conseguido se encostar em pessoas influentes, morreram quase desconhecidos e na pobreza, sem que nenhum dos fãs deste “mais um cara”, e nós, estivéssemos aqui discutindo quem destes iria mudar de fato o mundo, para melhor. Cazuza, com sua arte e rebeldia, conseguiu mudar um pouco, mas as injustiças de oportunidades ainda são muito grandes. E queiram ou não, gostem os fãs ou não, Cazuza se beneficiou bastante de ter sido um burguês bem nascido.

    Que venham as cusparadas e as bombas sobre mim.

    Parabéns pelo blog, e pela coragem de dizer o que pensa, mesmo descontentando tantos.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: